sábado, 22 de janeiro de 2011

COMO IDENTIFICAR UMA PESSOA FALSA?

        Identificar uma pessoa falsa não é simples, requer uma percepção aguçada e capacidade de entender nas entrelinhas. Através do olhar, modo de falar ou se comportar do dissimulado. O que, em um primeiro contato é quase imperceptível perceber as suas verdadeiras intenções maquiavélicas, já que ele vai fazer de tudo para se mostrar alguém agradável, receptivo, generoso e, especialmente, prestativo.



         Lembra do ditado “quando a esmola é demais o santo desconfia”, pois é exatamente assim que você deve agir se tratando de gente falsa. Eles vão fazer de tudo para agradar “a preza” escolhida, por tanto, muito cuidado com demonstrações – exageradas -, de boa vontade, disponibilidade e subserviência de algumas pessoas, radar ligado! O preço que você pode pagar depois, pode ser muito alto. Qualquer sinal ou sentimento estranho com relação a determinado alguém, não pense duas vezes e passe a ficar mais atenta e prestar mais atenção aos gestos e comportamentos dela.


         Existem atitudes que podem ajudar a manter um falso a quilômetros de distância de você. Uma delas é evitar muita intimidade em um primeiro contato com alguém. Assim, ao conhecer uma pessoa, não conte todos os detalhes sobre sua vida e o que faz. E desconfie se a pessoa tiver esse comportamento. Ardilosos, os dissimulados farão de tudo para que a pessoa se sinta o máximo confortável ao lado deles, criando a idéia de que a pessoa já os conhece a bastante tempo, buscando ganhar sua simpatia e até confiança logo de cara ou sendo "bonzinho" ao extremo, em momentos que você está necessitando de algo. E, as vezes, fazendo-nos contar tudo o que querem saber a nosso respeito para depois usar contra nós mesmos. Missão essa que, para os astutos falsos, não é nada difícil de desempenhar.


         A medida em que for se tornando íntima de uma pessoa, o falso(a) geralmente procura mostrar qual é a real intenção dele(a)Uma maneira poderosa de desmascará-lo é observar se quando ela torna a falar sobre determinado assunto – já comentado com você anteriormente -, confirma a mesma história ou a narra de modo completamente diferente. Trocando nomes e mudando os cenários onde aconteceu tal fato. A mesma história foi contada de modo novo? Parabéns, você acaba de desmascarar um falso. E agora, o que fazer? Primeiro, não queira bater de frente com ele, passe a evitá-lo e sobretudo, não compartilhe nenhum detalhe da sua vida com essa pessoa. Se for obrigada a conviver com ela, por exemplo, em seu ambiente profissional, comunique apenas o que for estritamente necessário.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário